Campina Grande - PB

Saúde ganha reforço de mais de 150 profissionais para combate à COVID-19

O reforço nas equipes de saúde de Patos e do Sertão tem ajudado de forma efetiva no combate à pandemia.

Mirvan Lúcio
terça-feira, 9 de junho de 2020

A pandemia da COVID-19 expôs a necessidade de reforço no fornecimento de recursos materiais e humanos, para garantir atendimento a comunidade nos serviços de saúde. Nesta perspectiva, o Unifip, através do curso de Medicina e dos Programas de Residência em Saúde, vem desenvolvendo ações fundamentais para o fortalecimento das equipes da linha de frente do combate ao Coronavírus.

“O Unifip tem um papel fundamental no combate a COVID-19. Isso porque o Centro Universitário é parceiro tanto das instituições municipais quanto estaduais e federais, em busca de alternativas para esse enfrentamento. Nós atuamos em diversas situações. Isso mostra um compromisso do Unifip com a comunidade. É um trabalho social e, sem dúvida, que sai ganhando é a sociedade”, destacou o médico Umberto Júnior, coordenador do curso de Medicina do Unifip.

Ao todo, mais de 150 profissionais ligados à Instituição estão em plena atuação nos serviços de saúde. O curso de Medicina possui 92 internos inseridos em Unidades Básicas de Saúde (UBS). A Residência em Medicina de Família e Comunidade conta com 37 residentes atuando em Estratégias de Saúde da Família. Já a Residência Multiprofissional é responsável por 22 profissionais das áreas de Enfermagem, Educação Física, Fonoaudiologia, Serviço Social, Psicologia, Odontologia e Medicina Veterinária. Os trabalhos são desenvolvidos em Patos e outros 13 municípios da região.

“A princípio eu fique com medo, visto que a gente está em um período crítico da pandemia. Mas ao ver todo o planejamento feito pelo Unifip, entrega de EPIs e o cuidado que eles tiveram com a gente, me deixou aliviada. Poder compartilhar essa experiência, adquirir tanto conhecimento é muito gratificante. Ajudar de perto nessa situação tão difícil que o nosso país está vivendo é para mim, enquanto profissional de saúde, muito enriquecedor”, afirmou Thayna Félix, interna do 9º período Medicina que se incorporou como voluntária na linha do frente de combate ao Coronavírus.

O Unifip realizou também uma pactuação com o governo da Paraíba para o Projeto “Monitora COVID-19”, com serviço de teleorientação. “A telemedicina é feita através do telefone. A população liga e os nossos internos, acompanhados de um preceptor, acolhem a demanda e orientam de que forma o paciente deve proceder”, explicou Umberto Júnior. Para execução do projeto “Monitora COVID-19” o UnifipP disponibilizou toda a estrutura física e tecnológica, além das equipes compostas por alunos do internato e médicos preceptores.

Segundo o último levantamento da Secretária Municipal de Saúde, divulgado nesta segunda-feira (8), Patos já registra 859 casos do novo Coronavírus, com 29 óbitos. Para Umberto Júnior o município ainda está em uma trajetória ascendente. “Eu diria que, talvez, a gente ainda não chegou ao pico da doença. Estamos caminhando para isso. E em um momento como esse a gente ressalta a importância da prevenção, de manter o isolamento social, o uso de máscara e a higiene, para que a gente não chegue a um colapso na saúde”, alertou.

O reforço nas equipes de saúde de Patos e do Sertão tem ajudado de forma efetiva no combate à COVID-19. Ação ratifica o papel de responsabilidade social do Unifip e o compromisso com o bem estar da população.


Institucional
Medicina
Residência Médica

Leia Mais


...
Calendário letivo 2020.2 Unifip tem início hoje (03)
Cumprindo todas determinações do Ministério da Saúde, bem como o Decreto Municipal
...
Período para renovação de matrícula com desconto é estendido até 10 de agosto
A iniciativa da Instituição é incentivar o retorno dos alunos.

Faça seu futuro acontecer!

Faça já sua inscrição!

Facebook


Instagram


© 2020 - FIP Campina Grande