História

A história das Faculdades Integradas de Patos se confundem com a história de sua mantenedora, a Fundação Francisco Mascarenhas. Em 1964, José Gomes Alves fundou a primeira escola de ensino superior de Patos, a FFM.

A Fundação Francisco Mascarenhas é uma entidade jurídica, com finalidade educacional, com sede e foro na cidade de Patos, Estado da Paraíba. Foi instituída no dia 1º de maio de 1964, e reconhecida de utilidade pública pelo Decreto Estadual nº 3722, de 1973. É dotada de autonomia administrativa e econômico-financeira, organizada como Instituição Educacional, exercida na forma da legislação em vigor.

José Gomes Alves, pai do atual presidente da FFM, João Leuson Palmeira Gomes Alves, foi certamente uma das maiores contribuições que a educação de Patos teve ao longo de sua história. Estudou o curso primário no Grupo escolar Rio Branco, na época único estabelecimento de ensino primário na cidade de Patos. Ao terminar, e não tendo condições de freqüentar a única escola da cidade para homens - o Ginásio Diocesano, devido ao turno de funcionamento (diurno) -, fundou, juntamente com alguns colegas, o Ginásio Comercial (depois Colégio Comercial Roberto Simonsen). Ao concluir o curso básico neste estabelecimento, foi estudar em Campina Grande, onde também concluiu o Curso técnico em Contabilidade.

Acreditando na educação como um vetor de mudança social, José Gomes Alves decidiu ampliar seus estudos e, conseqüentemente, a educação no município de Patos, instalando, no ano de 1964, a Fundação Francisco Mascarenhas - FFM, primeira escola de ensino superior da cidade. A Fundação recebeu esse nome em homenagem a um funcionário do Banco Industrial, a quem José Gomes admirava por sua humildade e vontade de vencer.

Inicialmente, a FFM funcionou apenas com a Faculdade de Ciências Econômicas de Patos, com o curso de Bacharelado em Ciências Econômicas. O prédio da faculdade havia sido doado pela Prefeitura Municipal de Patos, na gestão do prefeito Olavo Nóbrega de Souza. O primeiro diretor foi Flavio Sátiro e a primeira secretária Maria do Socorro Chaves Araújo. Foi nessa faculdade, e logo na primeira turma, que José Gomes graduou-se Bacharel em Ciências Econômicas, em dezembro de 1972.

A criação de novos cursos

Nos anos subseqüentes, José Gomes criou as faculdades de Filosofia, Ciências e Letras e as de Agronomia e Medicina Veterinária. Em conseqüência de seguidos entraves políticos, não foi possível reconhecer essas duas últimas, de modo que seus equipamentos e instalações foram doados para a Universidade Federal da Paraíba - UFPB, que estava iniciando seu processo de interiorização. Posteriormente, o curso de Agronomia foi substituído pelo de Engenharia Florestal e permaneceu o de Medicina Veterinária, ambos hoje pertencentes à Universidade Federal de Campina Grande - UFCG.

Com a criação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras e com planos de criação de novos cursos, José Gomes construiu o prédio da então Faculdade de Filosofia, localizado no bairro do Belo Horizonte. Hoje esta unidade abriga as Faculdades Integradas de Patos (FIP) com os cursos de História, Geografia, Pedagogia, Letras, Enfermagem, Jornalismo, Direito, Odontologia, Biomedicina, Fisioterapia, Educação Física, Psicologia e Nutrição.

A Fundação Francisco Mascarenhas vem formando, há 45 anos, profissionais capacitados, muitos deles ocupando hoje diversos e elevados cargos no magistério, em órgãos públicos, empresas particulares e em várias outras instituições municipais, estaduais e federais. São as Faculdades Integradas de Patos cumprindo cada vez melhor seu papel social, formando cidadãos críticos e atuantes num mundo em constante evolução.

© 2016 Faculdades Integradas de Patos

Rua Horácio Nóbrega, s/n Belo Horizonte, Patos-PB
CEP 58.704-000, Contato: (83)3421.7300 - 3421.8100